A nossa abordagem

“Temos de nos tornar na mudança que queremos ver no mundo” – Mahatma Gandhi

Se quiseres ver a Paz no Mundo que a Paz seja em Ti em primeiro lugar. Se quiseres que a Alegria reine no Mundo que a Alegria jorre do teu coração. Se quiseres que o Amor seja a Força que une todos os seres vivos que o Amor faça o ninho no teu Ser…

Promover a saúde global do Ser

gobal-health

A nossa abordagem considera a pessoa na sua totalidade, em vez de focar a atenção num distúrbio ou numa dor em particular. As antigas tradições terapêuticas não dissociavam o corpo da alma e do espírito, mas consideravam a pessoa como um todo em equilíbrio.

A doença é um sinal de um desequilíbrio, de uma separação, no interior. Na época do antigo Egipto uma das primeiras perguntas que os terapeutas egípcios faziam aos seus pacientes era “contra quem ou contra o quê tu estás em guerra?”

Tratar o outro através de si mesmo

Fotolia

Como podemos tratar o outro se não se começamos por tratarmos a nós próprios? O percurso que propomos associa à aprendizagem das terapias uma verdadeira viagem interior, o que permite uma melhor assimilação da terapia. Este curso é dirigido seja a quem já exerce uma relação de ajuda (médicos, terapeutas, fisioterapeutas, enfermeiros, conselheiros), seja a quem, como caminho de vida, quer aprender a ajudar e a tratar o outro. 

União com um sopro sagrado

breath_sun

A arte terapêutica egípcio-essênia une-nos a um sopro sagrado que passa através nós como uma onda, permitindo-nos ser um canal entre o Céu e a Terra.

Nas sociedades ancestrais o espírito era considerado como o que anima todas as coisas, o que dava sentido ao trabalho de cada um permitindo-lhe estar no seu devido lugar na sociedade. A relação constante com este sopro de Vida era considerada sagrada e quem a mantinha tinha o dom dos valores e das regras naturais para guiar a sociedade.

A perda do sentido da Vida é uma doença apenas do século XX e XXI. A industrialização e a globalização levam a uma dissociação entre os valores económicos, ambientais e sociais.

A nossa abordagem é espiritual no sentido etimológico, o que equivale a dizer união com o Espírito, esse sopro de Vida que anima e orienta as nossas acções.

Acompanhando a maturação

plant_growing

A formação proposta é distribuída por um período de três anos.  A formação por seminários favorece necessariamente uma tomada de consciência e de maturação para melhor conciliar, integrar e combinar as diferentes partes de si mesmo.
Em cada seminário da formação, e respectivo módulo complementar, existe uma estrutura de ferramentas pedagógicas e de acompanhamento dos formandos para facilitar a aprendizagem a cada um, ao seu próprio ritmo.

A formação é aberta a todos, qualquer que seja a sua origem, o seu trabalho, as suas experiências e crenças (sociais, familiares, religiosas…). Esta tem como objectivo cultivar o que no antigo Egipto era considerada uma “arte terapêutica“, “reunir o Todo em si próprio”.

Os conteúdos da formação abrangem a harmonização energética, a compreensão do corpo humano, com sua psicologia e seus mecanismos psíquicos, emocionais e mentais, desenvolvimento da intuição e das capacidades de percepção, aprendizagem dos diferentes tratamentos energéticos e das diferentes técnicas de análise (leitura da aura, abordagem de nádis e de chakras, som terapêutico, exercícios de ioga e de outras tradições, meditações, óleos e unguentos consagrados). Na sessão “Formação” são fornecidas explicações detalhadas.